Laboratório de Estudos da Multifuncionalidade Agrícola e do Território – LEMATE
  • PESQUISA DE CAMPO JUNTO A AGROINDÚSTRIAS FAMILIARES NA SERRA CATARINENSE

    Publicado em 22/04/2022 às 14:41

    Entre os dias 11 à 14 de abril de 2022, foi realizada a aplicação de oito questionários em agroindústrias familiares nos municípios de Bom Jardim da Serra, São Joaquim e Urubici. Esta etapa de pesquisa busca conhecer as experiências de distintos ramos de agroindústrias familiares, no que se refere à origem e histórico de constituição, suas formas organizativas, canais de comercialização, relações com o território, geração de renda, saber fazer, matérias-primas processadas, marcas coletivas ou individuais e as contribuições da assistência técnica de organizações públicas e privadas. Nesse primeiro momento foram realizadas entrevistas em agroindústrias de beneficiamento e processamento de morango, queijo serrano, sucos (uva, maçã e goiaba serrana), panificados, sorvetes e maçã. Nessa etapa, duas ações coletivas foram identificadas: uma cooperativa de mulheres agricultoras que processam maçã e a marca coletiva Sabor Serrano utilizada por três agroindústrias. Esse foi o início da pesquisa de campo, referente ao projeto “Desenvolvimento territorial sustentável: interfaces entre a cesta de bens e serviços, mercados e marcas territoriais”, financiado pela FAPESC e que também contempla o extremo oeste catarinense. O trabalho de campo foi realizado pelo graduando em Agronomia Nicolas Wolff de Farias e a doutoranda do PGA Marina Bustamante Ribeiro, sob a coordenação do professor Ademir Cazella. A continuidade da pesquisa se dará ao longo dos meses de abril, maio e junho de 2022.    

     

     


  • Pós-doutoranda do PGA apresenta resultados de pesquisa na cátedra da UNESCO

    Publicado em 19/04/2022 às 04:47

    Andréia Tecchio, Pós-Doutoranda no Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (CIRAD), em Montpellier, França, cujo diretor científico é o pesquisador Eric Sabourin, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas da Universidade Federal de Santa Catarina (PGA/UFSC), sob orientação do professor Ademir Antonio Cazella, apresentou resultados de pesquisas na Chaire UNESCO Alimentations du monde no dia 30 de março de 2022.

    No evento intitulado Présentations de travaux de recherche sur la pauvreté alimentaire, a Pós-Doutoranda abordou as estratégias de aprovisionamento alimentar de famílias rurais beneficiadas pelo Programa Bolsa Família da região Oeste de Santa Catarina. Esta temática foi pesquisada por Andréia Tecchio entre 2010 e 2018 no âmbito do mestrado realizado junto ao PGA/UFSC, do doutorado cursado no Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CPDA/UFRRJ) e do projeto de pesquisa Gouvernance Alimentaire et Pratiques des ménages agricoles: une approche par les flux d’approvisionnement alimentaire et la multi-localisation familiale, o qual contou com a participação de professores do PGA.


  • Participação do prof. Ademir Cazella no Seminário Internacional Inovações Sociotécnicas e Aprendizagens Territoriais: olhares cruzados França-Brasil-Colômbia

    Publicado em 14/04/2022 às 09:08

    No dia 08/04, o prof. Ademir Cazella participou como palestrante no Seminário Internacional Inovações Sociotécnicas e Aprendizagens Territoriais: olhares cruzados França-Brasil-Colômbia, organizado pelo Núcleo do Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará. Na oportunidade abordou o tema da Cesta de Bens e Serviços Territoriais, com destaque para os principais desafios de adaptação desse enfoque teórico-metododológico para as realidades socioeconômicas brasileiras.


  • I Escola de Verão para o Desenvolvimento Territorial Sustentável

    Publicado em 09/02/2022 às 13:59

    Estão abertas, até o dia 15 de fevereiro, as inscrições para a I Escola de Verão para o Desenvolvimento Territorial Sustentável, organizada Laboratório de Estudos da Multifuncionalidade Agrícola e do Território (Lemate), do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Para se inscrever, o interessado deve preencher o formulário neste link.

    O evento irá ocorrer entre 2 de março e 7 de abril, de forma virtual, com transmissão do pelo canal do Lemate no Youtube. Haverá emissão de certificados para participantes que cumprirem 75% de presença.


  • Lemate participa de formação de professores do Programa Gente Catarina

    Publicado em 09/12/2021 às 04:53

    Nos dias 6, 7 de dezembro aconteceu o terceiro encontro de formação de professores do Programa Gente Catarina, do Governo do Estado, com o objetivo de reduzir a evasão escolar e aumentar a participação da comunidade na escola e no desenvolvimento dos municípios com menor IdH de Santa Catarina.

    Participaram do encontro cerca de 120 professores das redes municipais e estadual de ensino básico (infantil, fundamental e médio) de Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Urupema, Cerro Negro e Campo Belo do Sul. O Lemate, representado pela doutoranda Marja Milano, esteve presente apresentando a perspectiva do desenvolvimento territorial e o enfoque da Cesta de Bens e Serviços territoriais. Discutiu-se coletivamente alguns recursos territoriais específicos da Serra Catarinense e a importância de sua valorização por toda a população, desde a escola, para despertar o sentimento de pertencimento ao território, elevar a autoestima, reconhecer saberes tradicionais e valorizar a agricultura familiar.


  • Professora francesa em missão de pesquisa junto a UFSC/Lemate (CCA)

    Publicado em 08/12/2021 às 10:31

    A professora Geneviève Cortès, geógrafa e docente pesquisadora da l’Université Paul Valéry (Montpellier, França) esteve na UFSC em missão de trabalho de 13 dias, com realização de pesquisa de campo. A vinda da professora ocorreu pelo projeto CAPES/COFECUB, fruto da parceria entre instituições de ensino superior e de pesquisa do Brasil, França e Guadalupe, que tem como tema principal a relação das políticas públicas com as dinâmicas dos sistemas agroalimentares. As atividades realizadas entre os dias 8 e 20 de novembro foram conduzidas em parceria com pesquisadores do Lemate/UFSC e integraram ações previstas nos seguintes projetos de pesquisa: “Desenvolvimento territorial sustentável: interfaces entre a cesta de bens e serviços, mercados e marcas territoriais”, financiado pela FAPESC e o projeto “O Enfoque da Cesta de Bens e Serviços Territoriais: Modelo de Análise do Desenvolvimento Territorial Sustentável”, financiado pelo CNPq, ambos coordenados pelo professor Dr. Ademir Cazella (PGA/UFSC).

    Entre as atividades ocorreu uma etapa de pesquisa de campo no território da Serra Catarinense entre os dias 12 e 15 de novembro, com a participação de alguns pesquisadores dos referidos projetos. O objetivo foi conhecer as experiências de distintos ramos de agroindústrias familiares (queijo artesanal serrano, mel, panificados e pinhão), no que se refere ao seu histórico, valorização de recursos territoriais específicos, formas de gestão, organizações de apoio, uso de marcas coletivas e principais canais de comercialização, mas também conhecer o patrimônio natural do território.

    A missão contou também com a participação da professora  Geneviève  no seminário “Especificação de recursos territoriais: o enfoque da Cesta de Bens e Serviços Territoriais (CBST)”, no dia 16 de novembro, o qual teve por objetivo apresentar e discutir o enfoque da CBST aplicado ao Desenvolvimento Territorial Sustentável a partir dos resultados parciais dos projetos de pesquisas citado. Organizado em parceria com a EPAGRI, o seminário fez parte do calendário de eventos comemorativos dos 30 anos de fundação dessa instituição.  A conferência de abertura contou com a palestra da professora sobre o tema do “Retorno à terra e desenvolvimento rural na Europa do Sul.”

     


  • Lemate lança vídeos educativos com os principais resultados e sugestões do projeto Educação em Cooperativas.

    Publicado em 28/10/2021 às 13:47

    O Projeto “Educação em cooperativas de crédito rural solidárias em Santa Catarina”, desenvolvido pelo Lemate com apoio financeiro do Edital CNPq/Sescoop, teve seu encerramento no dia 30/09/2021. Pouco antes do prazo final, a equipe do projeto se desafiou a gerar 05 pequenos vídeos educativos sobre o projeto. A intenção dessa iniciativa é ampliar o acesso dos cooperados e das comunidades sobre os principais resultados alcançados pela pesquisa, bem como apresentar algumas sugestões e propostas de ação futura das cooperativas, formuladas a partir das conclusões do estudo. Devido às limitações orçamentárias e de tempo, os vídeos foram idealizados e apresentados pela própria equipe do projeto, contando com apoio técnico de uma produtora local. Os vídeos possuem diferentes formatos e abordam a educação cooperativista e seus desdobramentos em diferentes dimensões, tais como o desenvolvimento sustentável das comunidades (territórios) e a importância das parcerias intitucionais e da intercooperação na construção de sistemas alimentares mais saudáveis.

    Os vídeos podem ser acessados pelos links abaixo:

    • Principais resultados do Projeto: Educação em Cooperativas de Crédito Rural Solidárias em Santa Catarina ( Edital CNPq/Sescoop): https://youtu.be/pzTCfjwsjWo

  • Professor Cazella participa de evento organizado pela Coordenação de Indicação Geográfica do MAPA

    Publicado em 03/09/2021 às 05:59

    Na tarde do dia 31/08/2021, o prof. Cazella participou de evento organizado pela Coordenação de Indicação Geográfica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com apoio da Escola Nacional de Gestão Agropecuária (MAPA/Enagro) sobre o Guia metodológico “Valorizar os recursos territoriais: chaves para ação”, que contou também com a participação de Eliane C. Müller, representante da Associação dos Bananicultores de Corupá (Asbanco), organização gestora da Indicação Geográfica da Banana da Região de Corupá (SC). Este Guia foi traduzido a partir da versão original francesa com a assessoria técnico-científica e revisão da versão em português dos professores Ademir Antonio Cazella (UFSC) e Valério A. Turnes (UDESC). Os dois professores integram as equipes do projetos de pesquisa financiados pelo CNPq e FAPESC sobre o tema da Cesta de Bens e Serviços Territoriais executados pela equipe do Lemate/UFSC com apoio de pesquisadores de organizações externas (UDESC, EPAGRI, SEBRAE-SC, IFC – Campus de Rio do Sul e IFSC – Campus de São Miguel do Oeste).

    Link de acesso à Webinar: https://youtu.be/Aqb0T8sNioA


  • Lemate tem projeto de pesquisa aprovado em Edital Universal da FAPESC

    Publicado em 20/05/2021 às 11:01

    O Lemate/UFSC aprovou o projeto de pesquisa “Desenvolvimento territorial sustentável: interfaces entre a cesta de bens e serviços, mercados e marcas territoriais” no Edital Universal da FAPESC, cuja execução será de dois anos a partir de junho de 2021. Este projeto contempla uma parceria de pesquisa interinstitucional iniciada em 2016, que agrega pesquisadores de diversas instituições que atuam em Santa Catarina, com destaque para a Epagri, a UDESC e o IFSC Campus de São Miguel do Oeste, e externas, em especial a Université Grenoble Alpes da França, na pessoa do prof. Bernard Pecqueur, e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), esta última representada por pesquisadores do Grupo de Estudos e Pesquisas em Agricultura, Alimentação e Desenvolvimento (GEPAD), coordenado pelo prof. Sérgio Schneider. Com essas parceiras almeja-se aprofundar a adaptação do enfoque teórico-metodológico de pesquisa da Cesta de Bens e Serviços Territoriais (CBST) por meio da continuidade de estudos de casos em territórios rurais de Santa Catarina, já iniciados com apoio de projeto de pesquisa junto ao Edital Universal do CNPq de 2018. Para tanto, articula-se a abordagem da CBST, formulada na França, com os “mercados imersos” construídos por agricultores familiares, com as marcas coletivas utilizadas por redes de Agroindústrias Familiares (AIF) de duas regiões do estado (Extremo-Oeste e Serra Catarinense). Os resultados do projeto serão discutidos e compartilhados com atores territoriais que se encontram à frente dessas iniciativas, gestores públicos e universitários.


  • Integrantes do Lemate participam de publicação sobre Cooperação e Desenvolvimento Rural

    Publicado em 24/03/2021 às 16:55

    As experiências de cooperação retratadas no livro Cooperação e Desenvolvimento Rural: Olhares Sul Americanos expressam uma diversidade de habilidades, práticas, oportunidades e desafios presentes em processos associativos e cooperativos relacionados aos territórios rurais. O livro foi organizado a partir da IV edição da Escola de Verão promovida pelo Comitê sobre Processos Cooperativos e Associativos da Associação de Universidades do Grupo Montevidéu (Procoas/AUGM), ocorrida entre os meses de fevereiro e março de 2020, em Santa Catarina (Brasil). Em função disto, a maioria das experiências retratadas no livro está inserida em dinâmicas de desenvolvimento rural deste estado/país. Todavia, pelas suas características e relevância, elas podem gerar ensinamentos para outras realidades. 

    Além do prof. Fábio Luiz Búrigo, que foi um dos organizadores da obra, o livro conta com a participação de outros integrantes do Lemate: Prof. Ademir Antonio Cazella, Eloiza Andréa Moraes Silva, Marja Zattoni Milano e Stéfani Tamara Pérez.

    Os autores são oriundos do Brasil, Uruguai, Argentina, Chile e Colômbia, que apresentam suas reflexões a partir de distintas vertentes teóricas e abordagens interdisciplinares. Alguns capítulos se dedicam a estudar processos educativos; outros retratam estratégias de cooperação e gestão inovadoras empregadas por grupos de agricultores e consumidores para viabilizar a produção e o consumo de produtos e serviços de origem familiar e agroecológica; outros retratam a ação coletiva em processos de desenvolvimento sustentável de territórios rurais específicos; e vários capítulos demonstram como a formação de redes de cooperação é determinante para o futuro das organizações e seus associados.

    Trata-se de uma obra que analisa temas contemporâneos dos mais relevantes para a promoção do desenvolvimento rural, a partir do estímulo a processos cooperativos e associativos.

    Acesse aqui a versão em PDF: Cooperação e Desenvolvimento Rural: Olhares Sul Americanos