Pesquisa de campo sobre “Cesta de bens e serviços territoriais” é realizada em Urubici – região da Serra Catarinense

27/07/2019 09:03

Nos dias 18 e 19 de julho, a professora Thaise Guzzatti (Educação do Campo/UFSC), a doutoranda Marja Milano (PGA/ UFSC/ Lemate) e as estudantes de graduação em Educação do Campo Magdielly e Kátila (Pet Educampo) estiveram em Urubici, na região da Serra Catarinense, para dar continuidade aos estudos relacionados à Cesta de Bens e Serviços Territoriais (CBST) como uma possível estratégia de desenvolvimento territorial.

O objetivo principal desta etapa da pesquisa foi identificar e analisar estratégias de ativação de recursos territoriais específicos da Serra Catarinense, em especial o (agro)turismo, bem como sua contribuição na constituição de uma CBST. Nessa perspectiva, as pesquisadoras aproveitaram o período de alta temporada para conduzir entrevistas com turistas que visitam a região e também com diferentes atores locais ligados ao turismo, tais como guias, empresários, agricultores que atuam no turismo rural e representantes do poder público municipal (Secretaria de Turismo), estadual (Epagri) e federal (ICMbio).

Para a realização da pesquisa de campo foi fundamental o apoio financeiro do Sebrae e do PET Educampo e o apoio técnico do escritório regional da Epagri, em especial da extensionista Claudia Maria Schmitz. Esta atividade integra o projeto “O Enfoque da Cesta de Bens e Serviços Territoriais: modelo de análise do Desenvolvimento Territorial Sustentável”, que conta com apoio financeiro do CNPq/Edital Universal 2018.